estamos no Facebook com mais de 18 000 imagens do Glorioso SLB...

estamos no Facebook com mais de 18 000 imagens do Glorioso SLB...
tens imagens com o símbolo do SLB? 'colunadaguiasgloriosas@gmail.com' (clicar imagem)

Ser Benfiquista a SÉRIO acima de tudo e mais alguma coisa...

Ser Benfiquista a SÉRIO acima de tudo e mais alguma coisa...
Usar o nosso nome e SÍMBOLO como COSME DAMIÃO! (clicar imagem, NOVO BLOGUE!)

SPORT LISBOA E BENFICA! (clicar imagem)

bandeiras com os nossos símbolos dão sempre num grande BENFICA!

As claques do Benfica deviam ter a imagem do Rei Eusébio(clicar)

As claques do Benfica deviam ter a imagem do Rei Eusébio(clicar)
e se lhe juntassem o SÍMBOLO do GLORIOSO nos seus LOGOS seria MARAVILHOSO...

o que o Rui Santos,Octávio Lopes e José Manuel Freitas omitem...

Já que o Expresso, Record, SICN e CMTV abafaram o ESCÂNDALO....

Já que o Expresso, Record, SICN e CMTV abafaram o ESCÂNDALO....
Cliquem na imagem para se saber alguma coisinha...

Rumo ao 38º TITULO e à 27ª Taça de Portugal! VAMOS BENFICA!

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

o 'bluff' de Jorge Jesus....

NUMA época em que o Benfica tem vivido praticamente em regime de euforia generalizada — boas exibições e goleadas suplantaram os percalços e nunca retiraram ânimo à afición — quis o destino que o clássico de ontem apanhasse os encarnados fragilizados por uma má prestação em Olhão e ainda por castigos e lesões, circunstâncias que levaram a uma radical inversão do ónus do favoritismo.

Quando, se a normalidade reinasse (triunfo no Algarve, disponibilidade durante a semana de Ramires e David Luiz e possibilidade de utilização de Aimar, Di María e Fábio Coentrão), o factor casa catapultaria a equipa de Jorge Jesus para uma vantagem teórica prévia, acabou por verificar-se que a exigência passou a estar focada no labor dos portistas, que nos últimos dois meses mostraram um constante crescendo de forma.

Foi esta situação que o Benfica manejou, ao longo da semana, melhor do que o FC Porto, passando para o exterior a ideia de que só através de muita abnegação podia chegar a um resultado positivo, frente a um opositor na plenitude dos recursos.

A apenas um ponto dos encarnados, foi curioso verificar como uma equipa com o traquejo do FC Porto acusou a responsabilidade de ser favorita, entrando de pernas pesadas e até algum conformismo, sendo este sentido especialmente na recta final quando os pupilos de Jorge Jesus jogaram com o relógio, impondo um ritmo tão lento quanto possível e os tetracampeões nacionais não tiveram, então, alma até Almeida.

Ao longo da semana Jesus disse que não contava com Ramires e Aimar; do Dragão vieram respostas sintomaticamente curiosas, que aludiam a um bluff . Afinal, Ramires jogou preso por arames (que rebentaram) e Aimar nem isso. Noutras épocas, nunca o FC Porto se mostraria preocupado com quem jogava ou deixava de jogar pelo adversário.

E foi aí que o Benfica começou a ganhar o jogo.

José Manuel Delgado in A Bola

Sem comentários: